quinta-feira, 26 de julho de 2012

Simbologia Cristã das Cores



As cores ganham significados de acordo com a cultura e o grupo que as utiliza. Na Santa Igreja, o que definiu esta simbologia foi o uso das cores nos ícones e decorações das igrejas durante as festas, bem como as vestes litúrgicas de diáconos, padres e bispos. 

Acompanhem a seguir o significado das cores para podermos usar também, até em nosso dia-a-dia.

Branco

É a cor da simplicidade, da pureza,da verdade, da justiça, do correto, bem como do mundo que há de vir e da luz divina.

Azul

É a cor do infinito, da eternidade, do mundo espiritual e angélico, bem como da Santíssima Virgem Maria, que é a Rainha dos Céus.

Verde

É a cor da vida, da abundância, do crescimento e da fertilidade. Por isso mesmo é a cor do Espírito Santo, chamado no Símbolo da Fé de Vivificante ou Fonte da Vida e é a cor do Pentecostes.

Vermelho

É a cor da atividade, do ardor, da paixão, do amor e da energia da vida. Por isso mesmo é também a cor da Ressurreição, onde a Vida vence a morte.É também a cor do sangue dos mártires, dos seus sofrimentos, lembrando-nos que neste mundo o muito amar também significa sacrificar-se, que o caminho da nova vida da Ressurreição é a Cruz.

Dourado

Simboliza a Luz Incriada de Deus, Seu Reino onde o Sol nunca se põe e não há noite. Representa a Glória de Deus, sua Radiante Natureza Divina.

Amarelo

É entendido como uma forma apagada do dourado. Assim sendo, é um símbolo da tristeza e da doença, pois representa situações ou momentos nos quais a presença de Deus foi afastada. Surge no ícone que mostra Jesus sendo colocado na tumba e outras situações de profunda tristeza.

Púrpura

O púrpura é associado à realeza desde a Antiguidade. Durante o Império Greco-Romano, apenas o imperador podia utilizar o púrpura. Assim, nos ícones simboliza o poder, a  força, a dignidade, o domínio e a hierarquia de Deus, por vezes expressa em santos, hierarcas, reis e imperadores.

Marrom

Sendo a cor da terra e do barro, representa as coisas terrenas, passageiras e mortais. É a cor por excelência da natureza humana, aparecendo em seus tons mais claros, às vezes puxado para o bege, como a cor da pele das figuras humanas.

Preto

No seu aspecto negativo representa a total ausência de vida, o vazio e a morte. Representa mesmo a total ausência de amor à Deus, daí os demônios serem representados sempre como figuras totalmente negras. No seu aspecto positivo, o preto representa o mistério, os aspectos de Deus que não podem ser entendidos ou compreendidos e também a total renúncia das coisas do mundo.

Cinza

O cinza em todos os seus tons é a única cor proibida nos ícones. Representa a mistura da vida com a morte, do certo com o errado, das concessões que fazemos, cheios de "bons" motivos, para o que é errado. É a cor da falta de coragem em decidir-se sobre algo, em tomar uma posição. É a cor da covardia, das palavras e atitudes vagas, No livro do Apocalipse Deus diz "Seja quente, ou seja frio, mas se fordes morno eu te vomitarei de minha boca." O cinza é a cor das coisas e pessoas mornas, e por isso é completamente posto de lado.

Nenhum comentário: